Decoração: Loft de 29 m²

By Marina Cruvinel Lacerda - 8/05/2016

Olááás meninas.

Olha esse Loft LINDO!!!!



Eu particularmente adoro esses projetos onde o arquiteto ou designer tem que fazer "milagres" com o espaço. Eu como designer de interiores acho esse desafio prazeroso. É a mesma sensação de montar um quebra-cabeça de trilhões de peças, por vezes é um pouco estressante, como se não fosse conseguir mesmo terminar, e as peças não fazem sentido, não encaixam. Mas quando termina, até emociona.

Meu quarto atualmente tem por volta de uns 10 m² e também é um home office com 2 estações de trabalho, quer dizer, hoje em dia né, pois antes mau cabia a cama de casal. Mas enfim, como de costume estou fugindo do assunto. Deixarei o meu quarto para um outro post.

Hoje o papo é sobre este loft de 29 m² de pura harmonia e graciosidade que fica na Polônia. Os responsáveis pelo projeto são os integrantes do escritório 3XA. Segundo o escritório, a prioridade para o projeto era fazer o quarto independente, mas sem tirar a característica de loft (ou seja, sem divisórias).

Como o pé direito é de 3,70 de altura, permitiu a construção de uma mezanino, onde fica o quarto.









Para quem não está familiarizado com esses termos de arquitetura e talz, mezanino é um pavimento "interrompido", de onde se tem uma relação visual com o pavimento que está logo abaixo. Nesse loft, chega-se no mezanino através da escada de madeira, que leva até uma laje, uma plataforma. Essa laje é o mezanino. Há uma foto que mostra a conexão visual que há dessa laje para o apartamento (a penúltima foto).

O design desse projeto é tão inteligente que a sala ficou com um espaço tão amplo que foi possível fazer uma bancada de escritório, uma estante de baixo da escada. A cozinha ficou confortável e contém a bancada para refeições como uma ilha. Outra sacada legal do projeto, é que ao entrar pela porta você se depara com um corredor onde fica o banheiro privado e um guarda-roupas onde as portas foram substituídas por cortinas de tecido leve.

As cores claras e paredes brancas foram propositais para o ambiente parecer maior. Percebe-se que até as madeiras são claras. Em ambientes muito pequenos, é sempre bom optar por cores e tons claros para não trazer a sensação de aperto e claustrofobia.

Viram como há soluções bem bacanas para espaços reduzidos? Gostaram?

Vocês já me acompanham nas minhas redes sociais? Já curtiram a página do blog no facebook? Me dá essa forcinha meninas!

Beijos e inté mais!!

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários